Governo Provincial do Bengo
Município

Município do Ambriz lança boletim informativo

Madikita é uma palavra da língua nacional kikongo que em português significa simplesmente “ostra do mar” – molusco admiravelmente desenvolvido, muito cultivado, capturado e apreciado na região ambrizetana do Bengo.

O periódico aborda informações sobre as actividades desenvolvidas pela Administração Municipal.

Embora o âmbito da revista se circunscreve na geografia do município, não deixara de incluir factos das áreas circunvizinhas, nas 11 páginas da sua composição.

Até 1857 em Angola avia apenas três distritos: Luanda, Benguela e Moçâmedes. Depois criaram-se mais os distritos de Ambriz, Zenza do Golungo e Golungo Alto. Estes três últimos foram extintos em 1866. O Distrito do Ambriz que compreendia os concelhos de D. Pedro V e Encoje cuja sede era Ambriz existiu desde 1857 à 1866. O Distrito do Ambriz criado em 1855 era constituído pelos concelhos de Ambriz, Encoje, D. Pedro V, (Bembe) e o Comando do Congo (Posto militar de 4S.Salvador) existiu desde 1860 à 1870. Em 1856, foi criado o Presídio período em que foi também instalada a alfândega que começou a funcionar somente em Outubro de 1857. Em 1970, construiu-se um “fortim” à Norte do Ambriz, na foz do rio Lodge tendo sido demolido em 1971.

A semelhança do Dande e Nambuangongo, Ambriz também foi concelho do Distrito de Luanda, com sede em Ambriz desde Fevereiro de 1971 compreendendo os postos administrativos de Bela Vista e Tabi.

Ambriz já existia antes da cronologia imperial começar a funcionar, motivo que está na base da comemoração do 5 de Maio como data da sua fundação.

Fonte: CDI-Bengo